Como transformar seu sonho em realidade?

Ter um plano de desenvolvimento profissional é fundamental para que você se desafie e saiba quais objetivos precisa atingir para seu crescimento.


Há cinco anos atrás, fiz meu planejamento profissional idealizando meu ano de 2020 e mesmo que estejamos passando por uma pandemia, fiquei surpresa em ver que quase tudo já havia concretizado e que muita coisa aconteceu como planejado, mesmo tendo acontecido muitas coisas que não estavam em meu controle, meus objetivos e planejamento se mantiveram. Acredito que ter foco e saber onde quer chegar é o que irá determinar o caminho.


Estou me planejando agora para colocar no papel minhas metas para os próximos anos, mas separei aqui alguns conselhos que podem ser uteis na hora de planejar seus objetivos.


1 – O que te deixa feliz?

Para ganhar a vida fazendo o que gosta, é preciso primeiro gastar um tempo pensando sobre o que te faz feliz. Para isto, pense no assunto e descubra quais são as coisas que você gosta de fazer, incluindo o máximo de detalhes e informações específicas que for possível, sem categorizar em uma carreira ou indústria específica. Somente depois de ter uma lista do que você gosta de fazer, você deve pensar nas carreiras que se encaixam nesta lista.

2 – Separe um tempo para colocar a mão na massa

Uma vez determinadas as paixões que você gostaria de transformar em carreira, é importante tomar os passos necessários para transformara a ideia em realidade. Agende um tempo para elaborar o plano que vai te levar lá, e escreva esse plano, mesmo que ele seja detalhado em pequenos passos.

3 – Descubra como lucrar

Para transformar algo que se adora em um negócio, é preciso determinar como se faz dinheiro com isto. Gaste algum tempo coletando ideias, olhe para sua paixão de diversos ângulos, com a sua perspectiva, a perspectiva do comprador, a perspectiva do usuário final e a perspectiva da audiência. Por exemplo, se você gosta de marketing, pode trabalhar como consultor, marketing digital ou designer. Ter seu escritório ou ser freelancer.

4 – Converse com quem já faz o que você quer fazer e tenha mentores

Encontre alguém que faz aquilo que você adora, por exemplo, algum empreendedor que esteja trabalhando na sua área de interesse. Conversar com alguém que já está no mercado e que tem a mesma paixão que você lhe permite descobrir os revezes que lhe esperam, o que vai lhe ajudar a descobrir como criar um modelo de negócio.

5 – Cerque-se de pessoas que te incentivem

Quando você abandonar o seu emprego atual e mudar de vida, vai precisar de pessoas para lhe apoiarem e encorajarem, principalmente por que muita gente não gosta de mudanças, vai se assustar e acabar contribuindo para tentar lhe segurar no passado. O apoio de quem te incentiva fará com que você se sinta menos sozinha, e muito mais corajosa.

6 – Seja destemido(a)

Criar uma carreira pode ser um projeto assustador, mas você não pode ter medo de mergulhar de cabeça. Muitas pessoas têm medo de tentar fazer o que adoram por terem receio de não serem bons ou de cometerem um erro, ou até de não estarem prontos. O caminho é tentar e, quando e se cometer um erro, simplesmente prosseguir.



Mais importante do que o seu sucesso, seu nome ou seu cargo, são os seus fracassos. Os erros que você cometeu na sua vida e o quanto você arriscou. É pela sua experiência que você colherá frutos.

7 – Não fique parado esperando

Quanto mais tempo as pessoas esperam para fazer do que gostam uma carreira, menos provável que algum dia elas venham a fazer isso. É preciso ter espírito empreendedor e agir rapidamente. Abra o negócio que você está sonhando agora porque, quanto mais velho você fica, menos riscos você estará disposto a tomar.

8 – Nunca pare de estudar

Antes de se arriscar, quem está interessado em trocar de carreira precisa ter algumas aulas ou uma instrução profissional sobre indústria que quer entrar. Desta forma, as pessoas podem se certificar de que tal carreira realmente é para elas. O investimento em cursos e treinamento também serve para medir o talento e perseverança.

9 – Não tente abraçar o mundo

A maioria pensa que fazer algo que gosta exige iniciar seu próprio negócio, mas nem sempre este é o caso. Um caminho mais fácil é encontrar uma empresa, companhia ou projeto que já faça algo que você adora, e tentar um emprego lá. Não tenha medo de “começar por baixo”.

10 – Tenha paciência

Quem está perseguindo seu sonho tem que estar preparado para os problemas iniciais que certamente virão. É preciso ter paciência, já que pode levar algum tempo entre o início do novo negócio e o esperado lucro que lhe permitirá abandonar o emprego que você não gosta.


No fim, o que irá determinar é sempre seu foco em alcançar tudo que você deseja. E depois dessas dicas, que tal pegar papel e caneca e começar a elaborar seus planos?




19 visualizações